Viagem à Ilha de Margarita :: O Retorno

Confira o post inicial: Viagem Manaus – Ilha de Margarita (Venezuela) com o índice de todos os relatos da viagem.

Nosso plano era sair da Ilha na quarta-feira à tarde, pernoitar em Puerto la Cruz e encarar a estrada na quinta-feira, seguindo até Santa Helena onde dormiríamos novamente pra então encarar a última perna da viagem até Manaus. Mas infelizmente o carnaval nos atrapalhou novamente: na quarta-feira de cinzas o ferry-boat não navegou e fomos obrigados a sair da Ilha na quinta-feira pela manhã.

A saída na quinta-feira nos atrasou muito. Puerto la Cruz estava congestionada pela volta do feriado e só conseguimos sair da cidade por volta de meio dia. Pisei fundo pra tentar compensar o atraso e evitar dirigir a noite, mas não havia muitas esperanças: quando a noite caiu, estávamos muito longe da fronteira. O cansaço foi apertando e por volta de 23:00hs resolvemos parar, ainda antes de encarar a serra. Não tinhamos mais Bolivares para um hotel, mas para nossa sorte, encontramos uma pousada com área de camping. Aceitaram nossos últimos Bs 25.000,00 pela pernoite, mas tivemos que dormir no carro.

Quase na fronteira - ao fundo, Monte Roraima

Quase chegando na fronteira - ao fundo, Monte Roraima

Às 06:00 acordamos e voltamos pra estrada. Ainda haviam 250km de serra até a fronteira e mais 1000km de estradas brasileiras (boa parte esburacadas) até Manaus. Novamente pisei fundo pra compensar o atraso, pois agora tinha uma outra variável importante: precisava cruzar a reserva indígena Waimiri Atroari até às 18:00hs, quando os portões da estrada que a atravessa são fechados.

Passamos por Boa Vista ao meio dia, compramos um marmitex pra comer no próprio carro e continuei pisando fundo. Felizmente boa parte da estradas estava boa – recém reformada e vazia – então foi possível manter a velocidade alta, em torno de 160km/h. Ficamos aliviados quando conseguimos entrar na reserva, por volta de 17:00. Quando saímos dela, faltavam pouco mais de 200km pra chegar em casa. Ou melhor: chegar na casa de nossos amigos Anderson e Cibele que nos recepcionariam para nossa última noite em Manaus, uma vez que nossa mudança já estava a caminho de Curitiba há dias.

Dentro da Reserva Indígena, quase no pôr-do-sol

Dentro da Reserva Indígena, quase no pôr-do-sol

Mal sabíamos que ainda teríamos uma grande surpresa nesses últimos 200km… (mais no próximo post)

Comentários

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

14 Comments

  1. yazmin

    hola !!!!! parabens pela sua viagem foi muito emocionante…. meu esposo me passou este endereco gostei muito da forma que vc escreveu sua viajem, muito engrassada.,., eu sou de
    da venezuela, nasci em boa vista na verdade mais fui registrada na fronteira ,,, amo meu pais, so que agora estou morando no brasil a sete anos, conheci um brasileiro, ozeias meu esposo, namoramos 5 anos e estamos casados a sete meses, e pretendemos viajar para venezuela este ano em julio, para comemorar a formatura dele, minha familia mora la na venezuela, para nos sera mais facil a estagia la por eu ter minha familia morando la vai ser muito emocionante por o tempo que n fui mais la, e com certeça margarita estara em nossos planos tambem, parabens mais uma vez, espero que o mal entendido com o guarda militar n te espante de meu país, la sao bem diferentes nesses aspectos rsrrs um grande abraco a viviane, depois na nossa volta espero que vc tambem confira a nossa viajem, e que seja divertida como a sua. OBS.”Sem a parte do tiro e do furto” :P

    Reply
    1. antonio

      estou indo nos proximos dias agosto de 2009, e gostaria de umas dicas atuais, tais como é melhor levar dolar ou real para troca no brasil ou venezuela? e cartão de credito vale a pena? irei de onibus de manaus e qual a temperatura atual preços de pousadas e hoteis para casal o transito é bom?
      fico no aguardo!!

      Reply
  2. humberto espinoza

    Meu caro…eu sou costarriquenho ou seja, originário da Costa Rica, eu e mais 3 amigos estaremos embarcando para Venezuela-Caracas até o Rio Grande do Sul de motocicleta via litoral brasileiro em março de 2009. Estou lendo os post sobre a sua viagem e caso eu precise algumas dicas e informações, haveria possibilidade de contar com a sua ajuda?, a nossa maior preocupação é o tema da distância entre pôstos de combustível. Abraço. Humberto.

    Reply
  3. alzenira

    ademar estou em dúvida se vou para salinas ou para margarita o q/ vc acha? quanto vc acha qua vou gastar indo para margarita eu moro em manaus, e tenho uma irmã que mora ai em curitiba.vc quando vai novamente fazer outra aventura.
    um grande abraço

    Reply
  4. fabio

    Ola Ademar, vc acha que com dois mil reais da p sobreviver por 10dia nessa aventura??

    Reply
  5. antonio

    estou indo nos proximos dias agosto de 2009, e gostaria de umas dicas atuais, tais como é melhor levar dolar ou real para troca no brasil ou venezuela? e cartão de credito vale a pena? irei de onibus de manaus e qual a temperatura atual preços de pousadas e hoteis para casal aé breve

    Reply
  6. Carlos

    Ademar, pode me decir como está a rodovia Manaus- Porto Velho?
    Eu istou pensando facer a viajem Patagonia-Venezuela e penso cruzar el oeste de Brasil.
    Pode me dar informacao?

    Muito Obrigado

    Reply
  7. Emily Jaques

    Oláa, gostei muito do blog, ajuda bastaaante quem vai a Margarita, a primeira vista em beem confuso, então gostei das dicas, gostaria de saber se vc sabe me informar como é o sistema de carro de aluguéis por lá, como eu e minha familia vamos de ônibus gostariamos de alugar um carro, isso é possível? Ja sei q taxi ñ eh uma boa escolha..
    aguardo resposta!
    beijo

    Reply
    1. Juan José Betancourt

      ola Emily, os preços do alguer do carro pra nos em Venezuela nao é econômico, mas nao sei si trocando reais em bolivares (BsF) seia bom pra voces, mas a gasolina é regalada. A tassa oficial é BsF2.15/US$. Nao sei quando é a sua viagem mas si vc tem alguna duvuda escreva ao meu endereço juanjobet@gmail.com
      Aca tem dois sites pra que vc tenha ideia dos preços do alguer do carro….

      http://www.rentacarenmargarita.com/

      http://www.margarita.net.ve/Rent-a-Car.php

      Reply
  8. Gláucia

    Olá,

    Adorei sua aventura…estou indo no início de dezembro para Margarita e estou anciosa e um pouco apreensiva, pelo fato de viajar de carro somente eu e minha filha de 15 anos, muitas pessoas falam sobre assaltos na estrada, que na fronteira seria bom fazer amizade com famílias que estejam indo também para a isla, para que possamos acompanhar no percurso da estrada, fico preocupada com tudo isso…gostaria se possível de dicas para a viagem, com relação a: troca de dinheiro, hoteis, compras, e como faço na calculadora para converter bolivar em real, esses detalhes que tiram o sono rs, pode fazer a gentileza se for possível claro de enviar as informações para meu e-mail….Grata
    Abraços

    Reply
  9. Pingback: Morro de São Paulo – Bahia – Brasil » » 10 comentários para “Viagem à Ilha de Margarita :: O Retorno”

  10. mari

    Bom dia, Ademar, acessei seu blog pra obter algumas informações sobre a viagem a Ilha Marguerita, dai vi que voce mudou pra Curitiba. Eu e minha familia fizemos o contrario mudamos de Curitiba pra Manaus, mas temporariamente, ainda não sabemos por quanto tempo. Gostaria de saber se voce e sua esposa se adaptaram facilmente aqui em Manaus, ou vcs são daqui e foram pra Curitiba? Espero que estejam gostando dai. Vamos aproveitar as suas dicas sobre a viagem e ver se conseguiremos conhecer a Ilha tb. Abraços
    MARI

    Reply
  11. Informatics

    Show!

    Reply
  12. Gilson

    Estamos indo essa semana pra Isla Margarita,,,saindo de RR,,,espero ser tao tranquila como sua viagem,,,muito legal as dicas,,,aproveitei todas,,,ate pq é a nossa primeira viagem para ilha,,,e nao temos menor ideia de nada,,,,rsrs…vleu

    Reply

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *