Tag Archive: mandriva

Adeus Curitiba (de novo)

Hora de continuar com a vida de nômade: faz pouco mais de um ano que voltamos de Manaus pra Curitiba e agora chegou a hora de partir pra uma outra. :-)

Depois de 7 bons anos trabalhando na Conectiva/Mandriva, resolvi experimentar novos desafios e deixei a empresa. Vim pra Recife, de mudança e tudo, pra trabalhar no INdT (Instituto Nokia de Tecnologia). Uma grande mudança mas que acredito ter tudo pra dar certo. A Viviane veio junto. Só ficou o nosso gato Dot pra trás, aguardando até que nos acertemos com um apartamento por aqui.

As últimas semanas em Curitiba foram bastante intensas: aproveitando alguns dias de folga e o feriado de 01/maio, fomos até São Paulo visitar minha cunhada e a prima da Viviane, depois fomos pra serra e passamos uma noite no Itapiroca, depois fomos até Umuarama (casa dos meus pais) e, finalmente, de lá pra Foz do Iguaçu fazer um pouco de turismo (Itaipu, Cataratas, Argentina, Paraguai, etc – fotos em breve).

Aqui em Recife as coisas estão indo bem: o trabalho é muito bom e por enquanto estamos em um hotel, começando a procurar pela nossa próxima moradia. Espero que dê tudo certo e que logo estejamos bem adaptados à nova vida.

Fica aqui meu abraço a todos os amigos que ficam em Curitiba e o convite pra que nos visitem em Recife. :-)

Mais sobre o projeto em Angola

Atualizando as notícias, estou em Angola novamente. Vim pra cá para o IT-Fórum, evento de TI realizado anualmente pelo governo daqui. Dessa vez devo aproveitar mais a viagem, pois minha esposa (que sonha conhecer a África desde criança) chega na semana que vem e antes de voltarmos ao Brasil passaremos algum tempo de férias na África do Sul, numa viagem que tem tudo pra ser mais do que inesquecível.

Mas o principal motivo desse post é divulgar um outro, feito pelo presidente da Mandriva, François Bancilhon, no blog oficial da empresa. O post contém uma atualização do status do projeto aqui em Angola e também um pouco sobre a cidade de Luanda.

Não vou prometer novos posts ao longo da viagem, mas com certeza farei um relato completo (como fiz da viagem a Margarita) assim que voltar ao Brasil.

Anúncio do Projeto em Angola

Pra quem perguntou o que eu fui fazer em Angola (já estou no Brasil, mas volto pra lá no fim do ano), o projeto finalmente foi anunciado ao público:

Primeiros dias de trabalho em Angola

O trabalho começou pra valer na quinta-feira. Até então estava apenas correndo atrás de planejamento e pendências, mas agora já estou “botando a mão na massa”. Nessa fase do projeto, tenho trabalhado ministrando aulas de Linux. Uma turma pela manhã e outra à tarde, segunda a sexta-feira.

As turmas são heterogênias: há alguns poucos alunos que, quando questionados “o que era o Google”, escolheram a opção “Novo programa da Microsoft”, enquanto que outros já tem alguma formação acadêmica, incluindo um aluno com certificação Microsoft. No geral, são usuários de nível médio, que tiveram pouco contato com o Linux até agora.

A sala de aula é muito bem equipada. Os computadores são HPs e Dells novos, todos com LCDs de 17″. Temos acesso à Internet, no-breaks, datashow e uma impressora laser. Logo eu providencio uma foto pra postar por aqui. :-)

As primeiras aulas foram bastante agradáveis, com os alunos se esforçando e demonstrando bastante interesse nos assuntos apresentados. A sensação de estar ajudando na formação dos primeiros administradores de sistemas linux do país é muito boa e tem me motivado a fazer o meu melhor.

Espero que o ritmo se mantenha bom pelas próximas semanas e que o conteúdo seja bem absorvido. Como eles falam português, pretendo incentivá-los a acessar listas de discussão, páginas de sites e fóruns brasileiros. Nem todos tem acesso fácil à internet, mas espero que logo logo comecem a aparecer angolanos em nossas listas e fóruns. :-)