E já que estamos na Alemanha…

…por que não ir até o Alpes, ou melhor, até Paris na França? :-)

O final de semana foi extremamente intenso! No sábado eu fui juntamente com o meu amigo alemão Armin Bauer até os Alpes, mais precisamente, até o ponto mais alto na Alemanha, a montanha Zugspitze. Subimos de bondinho, caminhamos pela neve, visitamos a estacao de ski, até nevou um pouco! (nota: eu nunca tinha visto neve pessoalmente). Mais interessante ainda foi a caminhada que fizemos no HÖllental (“Vale do Inferno”), uma trilha no meio das montanhas, cercada de gelo, florestas e uma linda paisagem. Foi realmente fantástico, e tentei capturar um pouco do ambiente nas mais de 120 fotos, que assim que possível vou disponibilizar.

Passadas as caminhas de sábado, embarquei em um trem em direcão a Paris, na França, de onde estou escrevendo. A viagem durou a noite toda (o trem noturno tem camas, então vim dormindo) e passei o domingo passeando por Paris, na compania de meu novo amigo Till Kamppeter, que mora aqui e trabalha pra Mandriva (novo nome da empresa que me emprega, formada por MandrakeSoft+Conectiva). Obviamente não deu tempo de conhecer tudo, mas pelo menos pude visitar a Catedral de Notre Dame, o Arco do Triunfo e, obviamente, a Torre Eifel. Sim, tentei capturar um pouco de Paris nas lentes da minha câmera, assim que possível vou disponibilizar as mais de 100 fotos que tiramos (tenho as fotos do Till também).

Agora volto pra Munique na Alemanha, onde devo ficar até o próximo domingo (hoje, segunda-feira, é feriado na Alemanha e em boa parte da Europa, mas não na França).

Em tempo, mencionei que dirigi um carro alemão na auto-estrada a 210Km/h? (não há limite de velocidade nas auto-estradas alemãs) Era um Astra 2.2 turbo, com sistema completo de navegação via GPS e tudo mais, foi bem interessante pra quem estava acostumado a um Ford Escort 1.6 ano 88. :-)

update 2007-01-22: Confira também as fotos da viagem.

Viagem à Alemanha

Estou na Alemanha (Munique) a trabalho, onde devo ficar no mínimo até o próximo final de semana. A viagem foi tranquila, saí de Manaus na sexta-feira às 15:00 e cheguei aqui no Sábado lá por 19:00h (3h15 de Manaus a São Paulo, 11h30m de São Paulo a Frankfurt e mais 1h de Frankfurt a Munique). A diferença no fuso-horário é de 6 horas.

A cidade é muito agradável, extremamente limpa, com amplas ruas e calçadas e muito bem arborizada. O tempo nessa época do ano lembra muito Curitiba, com chuvas esporádicas e temperatura entre 10 e 20C. Estou no hotel Drein Löwen, que fica bem no centro da cidade, a poucos metros da estação central. Até agora já tive a oportunidade de conhecer:

  • Deutsches Museum, o maior museu da Europa, que não consegui conhecer por inteiro;
  • Hofbräuhaus, a cervejaria mais famosa do mundo;
  • A estação central do sistema integrado de transporte (trêm/metrô/ônibus), que fica bem perto do hotel;
  • Várias ruas e avenidas do centro da cidade.

Algumas curiosidades que me chamaram a atenção:

  • A bebida mais barata por aqui é a cerveja… mais barata até do que água mineral!
  • Uma garrafa de 200ml de coca-cola custa em torno de 2,00 Euros;
  • Não há cobradores ou terminais no sistema de transporte… você compra um ticket e utiliza os trens, metrôs e ônibus como quiser. Eventualmente um fiscal pode aparecer pra confirmar se você tem um ticket e se você não tiver paga uma multa.

Bem, ainda não deu pra disponibilizar as fotos, mas assim que me sobrar um tempinho livre eu dou um jeito de colocar pelo menos uma aqui. Já tenho mais de 100 delas. :)

update 2007-01-22: Confira também as fotos da viagem.

Comportamento manauara no cinema II

Parece que consegui incomodar alguém com o meu famigerado post Protesto: comportamento manauara no cinema

Vocês podem conferir os comentários da jornalista Ed Blair, mas o mais interessante mesmo é que o assunto (coincidentemente?) virou capa da seção “Blitz” do jornal “Diário do Amazonas” de hoje, seguindo os comentários da jornalista. Se você é assinante, confira o artigo on-line.

Bem… o que eu tinha pra dizer eu disse no próprio post, que continua inalterado desde sua criação. Acho que os vários comentários (inclusive o dela) falam por si só…

Mas o interessante mesmo é que o artigo mais do que confirma a minha visão da situação em Manaus, como pode ser visto na imagem abaixo (clique para ver a versão completa):

Diário do Amazonas, coluna Blitz: Quando ir ao cinema vira um pesadelo

Diário do Amazonas, coluna Blitz: Quando ir ao cinema vira um pesadelo

Agora é torcer para que a coisa melhore! :-)

De volta a Manaus

Estou de volta a Manaus. Não deu tempo de fazer tudo o que eu queria em Curitiba (nunca dá), mas deu pra matar a saudade de bastante coisa. O que me deixou triste foi não poder ir pra serra no último final de semana… Acabaram acontecendo alguns imprevistos com meu amigo Vinícius que ia me acompanhar e a caminhada foi cancelada… fica pra próxima. :-(

“Férias” em Curitiba

Depois de vários meses, estou de volta a Curitiba. Não, não, ainda não é em definitivo… Vim trabalhar por alguns dias, matar a saudade da namorada, dos amigos, da minha cidade, da minha casa (meu apto e todas minhas coisas continuam por aqui) e se tudo der certo, ainda vou passar um final de semana na casa dos meus pais em Umuarama e outro nas montanhas! :-)

O feriado e o final de semana foram ótimos. Pude rever amigos, passear pela cidade (o tempo aqui em Curitiba está muito agradável), assistir um bom filme… tudo na compania da minha amada Viviane, da qual eu estava morrendo de saudades. :-)

Bem, chega de ficar listando o que eu fiz ou vou fazer… Quando for pra Umuarama e pras montanhas, com certeza adicionarei fotos e relatos. E assim que eu resolver carregar minha câmera aqui por Curitiba, tiro algumas fotos também. :)

Protesto: comportamento manauara no cinema

Esse post é um protesto, uma reclamação.

Que me desculpem os manauaras bem educados que por ventura compartilhem da minha indignação, mas se tem uma coisa que eu não encontrei aqui em Manaus ainda é uma sala de cinema onde as pessoas saibam se comportar… O pessoal conversa, atende celular, manda mensagem, conta o filme, rí em momentos de drama e tensão, comenta tudo o que acontece… simplesmente indignante. E não é um ou outro mané não… o problema é generalizado. A sala toda conversando, luzes de celular pra cima e pra baixo… haja paciência. Todas as vezes que fui ao cinema aqui passei pela mesma experiência.

Por quê estou fazendo esse comentário agora, depois de 10 meses aqui em Manaus? A principal motivação foi o último filme que fui até o cinema ver: “Constantine”. Fomos ao Cinemark (do Estúdio5, o único daqui) eu e mais dois amigos da Conectiva: Milton (Curitiba) e Capitulino (SP), fora o Leoboiko (Curitiba) que foi outro dia. Todos gostamos do filme, mas a experiência no cinema, mais uma vez, foi horrível. Saímos da sala não comentando o filme, mas compartilhando a indignação de sermos atrapalhado tantas vezes por pessoas mal-educadas.

Não sei… vai ver o pessoal acha que cinema é pra isso: conversar com quem está do lado, atender ao celular, comentar o que se passa na tela, advinhar o que está para vir e tirar sarro do que outros podem estar tentando ver. Talvez pensem que por terem pago R$ 13,00 pela entrada (ou meia: R$ 6,50), tenham o direito de fazer o que bem entendem, como se estivessem em casa assistindo a um jogo de futebol.

Eu penso que cinema é um lugar pra se apreciar um filme, respeitando aqueles com quem se compartilha o espaço da sala. Mas vai ver eu estou errado e aqui em Manaus o pessoal prefere o outro modo… fazer o que né… :-(

update 2005-04-28: confira o post com a conclusão dessa história

Muito trabalho

As últimas semanas tem sido de muito, muito trabalho. O projeto está em fase de fechamento e, pra variar um pouco, está atrasado. Então não tenho tido tempo nem de responder os e-mails que o pessoal me envia, e peço desculpas por isso. :-(

Prometo que na semana que vem mando mais notícias, espero dar uma passada no centro de Manaus e tirar fotos da cidade, algo que estou devendo desde que cheguei aqui.

Novas fotos de Manaus

A seção de fotos da minha página foi totalmente atualizada. Agora há relatos sobre cada passeio, descrição na maioria das imagens e correções diversas no layout.

Além das já tradicionais fotos da cidade de Manaus, destaque para dois novos passeios, feitos em janeiro quando minha namorada Viviane veio de Curitiba pra cá: Encontro das Águas e Presidente Figueiredo (embora sejam passeios pra pontos turísticos onde já estive, dessa vez fiz um roteiro diferente, o que tornou o passeio inédito).

Estão todas disponíveis na seção de Fotos, juntamente com relatos de outros passeios e viagens.